10 tendências de arquitetura e decoração para 2023

Veja o que podemos esperar para a composição dos ambientes no próximo ano.


Novas tendências surgem a cada ano e acabam conduzindo a composição dos espaços. Mas o que será que podemos esperar para 2023? Entre as principais tendências de arquitetura e decoração para o próximo ano, está a utilização de elementos que remetem à natureza. Formas orgânicas, cores naturais e abundância de iluminação natural são algumas maneiras destacadas para criar essa conexão. 

Muito do que foi tendência em 2022, segue com força total para 2023. Especialistas acreditam que isso ainda é reflexo das mudanças de comportamento durante a pandemia e no pós-pandemia, onde a relação com a casa ganhou novos significados. Com mais tempo em casa, as pessoas passaram a enxergar o imóvel de uma maneira diferente. Para o próximo ano, podemos esperar ênfase nos espaços multifuncionais e, acima de tudo, confortáveis. A prioridade será viver com aconchego e receber amigos e familiares em espaços que atendam as necessidades dos moradores/usuários, sem abrir mão da beleza, personalidade e bem-estar.  

Conheça as dez principais tendências de Arquitetura e Decoração para 2023:

1 – Design arredondado e formas orgânicas 

Sala de estar em dois ambientes, com parede em tom amadeirado e revestimento laguna aplicado no chão.

Revestimento laguna

As formas curvas e arredondadas foram resgatadas dos anos 1960 e 1970 para as tendências de 2023. Formas dinâmicas e linhas orgânicas voltam com o intuito de trazer mais suavidade e delicadeza para os espaços. Além disso, essas formas proporcionam conforto estético e uma conexão com formas que vimos na natureza (reafirmando uma das principais tendências para 2023 que é a conexão com o meio ambiente). 

2 – Cores naturais

Sala de estar com revestimento Brick rústico cor creme. Móveis em amadeirados e estofados em cinza, ao fundo é possível ver também a mesa de jantar.

Projeto por Tina Macedo Arquitetura | Foto: Artur Pretto

A busca por naturalidade nos ambientes passa por diversos elementos e para o próximo ano, essa tendência abraça as cores. Tons terrosos, verdes e azuis ajudam a criar uma atmosfera natural. Já os tons naturais mais claros vem para reforçar o clima de aconchego e tranquilidade. As texturas amadeiradas, sejam nos móveis, painéis ou revestimentos, também entram na tendência e ajudam a marcar o conforto. 

3 – Iluminação natural

Sala de estar com revestimento novo urbano atrás da TV, móveis no estilo industrial.

Projeto por Ponto e Virgula design + interiores | Foto: Alexandre Zelinski

A luz abundante cria aconchego e valoriza  os espaços. Para 2023, a ideia é obter o melhor aproveitamento possível da iluminação natural para compor espaços mais relaxantes. A iluminação artificial não fica de lado, porém ela aparece com o intuito de unir toques modernos com aconchego.

4 – Design Biofílico

Área externa com piscina, e revestimento salar aplicado no chã.

Revestimento Salar

A conexão com a natureza traz inúmeros benefícios para a vida das pessoas e tem se tornado cada vez mais presente nos projetos de interiores. Por isso, o design biofílico tem ficado entre as principais tendências nos últimos anos e segue com força total para 2023: ele entra nos espaços para trazer a beleza das plantas, mas com foco também na promoção do bem-estar físico e mental das pessoas. 

5 – Ambientes integrados e multifuncionais 

Sala de estar e sala de jantar integradas, em tons brancos e azuis. Na parede da TV foi aplicado o revestimento Tetris

Projeto por Ponto e Vírgula Design e Arquitetura | Foto: Alexandre Zelinski

A otimização e integração dos espaços segue como tendência para 2023. Os ambientes conectados dão a sensação de amplitude, maior interação e conforto, favorecendo a fluidez. Além disso, essa tendência também abre espaço aos móveis multifuncionais que cumprem duas funções no mesmo ambiente. 

6 – Decoração Comfy

Detalhe de uma sala de estar com destaque em um sofá claro, com mesa de canto e com arranjo de folhas secas. A parede no fundo foi feita com o revestimento Patagônia

Esse estilo reforça, mais uma vez, a tendência por ambientes aconchegantes, confortáveis e tranquilos. Tecidos agradáveis, objetos artesanais, móveis funcionais, revestimentos com texturas e elementos que auxiliam a aumentar a sensação de bem-estar. Sabe aquela decoração que abraça quem chega? É exatamente isso que o estilo comfy proporciona!

7 – Sustentabilidade

Área externa integrada a sala de estar, com chão em revestimento zimbro.

A ligação com a natureza vem acompanhada de responsabilidade ambiental. Por isso, muito além de trazer elementos naturais ou que remetem ao meio ambiente para dentro de casa, uma tendência fortalecida é a sustentabilidade. Construções inteligentes, melhor aproveitamento da luz natural, captação de água da chuva, materiais de reaproveitamento e produtos duráveis. O minimalismo acompanha essa tendência, chamando a atenção para os hábitos de consumo. Poucos produtos, maior durabilidade e menos descarte de resíduos. Além disso, a estética minimalista traz sofisticação, leveza e contribui para a fluidez dos espaços.

8 – Elementos naturais

Sala de estar integrada a varanda, com revestimento Moledo Corupá.

Ainda na busca por uma conexão com a natureza, além das plantas, outros elementos naturais ganham destaque nas composições. Revestimentos que reproduzem características naturais de pedras, como o Moledo Corupá, Andina e o Patagônia, por exemplo, trazem a sensação das pedras naturais para dentro dos espaços com todas as vantagens dos cimentícios. O uso dessa tendência se dá tanto nos espaços externos, quanto em ambientes internos para agregar toques rústicos e elegantes. 

9 – Aconchego e bem-estar

Sala de estar em tons claros, no fundo contém um rack com televisão e alguns objetos de decoração, na parede no lado esquerdo foi usado o revestimento Andina

Independente das escolhas estéticas para as composições, uma coisa é unanimidade: o aconchego e bem-estar devem estar contemplados em todas as áreas do projeto. Desde as áreas íntimas até aquelas para receber os amigos, a beleza não deve sacrificar o conforto de quem vai conviver no local.

10 – A casa é um refúgio

Sala de estar e cantinho do sofá com revestimento concrewood usado na parede do fundo da TV

Projeto por DT Estúdio | Foto: Evelyn Muller

Por último, e não menos importante, é uma tendência/lembrete: a casa deve refletir aquilo que você/cliente é e gosta. As tendências existem para nortear as criações, mas o mais importante, e que fica ainda mais claro com as novas conexões com os lares, são projetos que revelam a personalidade e façam sentido para quem vai viver ali. Neste sentido, vale apostar em objetos carregados de memórias afetivas, lembranças com significados potentes, combinação de estilos e outros elementos que deixem o seu “eu particular” mais visível na composição. 

 

Gostou das tendências? Conte com nossa linha de revestimentos para pisos e paredes para criar suas composições alinhadas com o que estará em alta no próximo ano. 

Veja também

Palazzo apresenta novidades em revestimentos para pisos e paredes

Os novos modelos exploram formas orgânicas, texturas e cores naturais aliadas à resistência dos cimentícios

Acabamento texturizado: tons apaixonantes.

6 tons terrosos compõem uma paleta que entrega cor e textura, abrindo portas para revestimentos que agregam design e sofisticação

Blocos BIM: mais eficiência e integração para os projetos arquitetônicos

Palazzo disponibiliza diferentes modelos de revestimentos cimentícios no formato BIM, modernizando e facilitando a especificação dos produtos.