12 tendências de Arquitetura e Decoração para 2022

Espaços cada vez mais acolhedores, funcionais e que promovam o bem-estar se destacam entre as tendências para o próximo ano.


O ano de 2022 começou e você já está se preparando para o que está por vir na Arquitetura e Decoração? Cores acolhedoras, decoração aconchegante e afetuosa e mobiliário funcional: esses itens são tendências que vieram para ficar e irão fazer ainda mais sucesso no ano que vem.

Nos últimos tempos, vimos os lares se tornarem escritórios, lazer e tudo mais que fosse necessário. Afinal de contas, devido à pandemia, as saídas de casa ficaram mais restritas. Apesar do cenário estar mudando, tem algo que irá permanecer: a casa como elemento central da vida.

As tendências de arquitetura e decoração para 2022 apontam que podemos esperar por ambientes que prezam pelo conforto e comodidade dos moradores, refletem o afeto de quem vive ali e criam conexões com as lembranças do passado, assumindo ainda diferentes funções, seja para o dia a dia de quem o utiliza ou para se tornar ponto central de celebrações com amigos e família.

Neste conteúdo, vamos te mostrar 12 tendências de Arquitetura e Decoração para 2022 e ambientes para te inspirar! Que tal colocar em prática no seu espaço?

1 – Conforto acima de tudo

Mais do que atender a uma tendência específica, o que mais irá “bombar” no próximo ano é o bem-estar das pessoas. Os ambientes tendem a ser resultado da combinação de itens que carregam tranquilidade, formando espaços acolhedores e que misturam distintos estilos e elementos.

Sala de estar em ambiente externo com o revestimento Ártemis Mosaico ao fundo. Poltronas na cor bege edetalhes em madeira aparecem na cena.

Conforto para o dia a dia e para receber: maior tendência do ano é promover o aconchego e leveza através dos elementos adotados nas composições. Ártemis Mosaico por Athos Peruzollo | Foto: Ronald Pimentel.

2 – Casa conectada

Apesar de parecer um pouco futurista, as casas conectadas já são uma realidade no país e a tendência, nos próximos anos, é estar cada vez mais em alta. A automatização da casa/escritório permite que você ligue dispositivos à distância, através de assistentes virtuais, abra janelas e cortinas, além de preparar o café, por exemplo. Tais sistemas buscam suprir as necessidades dos moradores, promovendo maior conforto e comodidade para todos.

Sala de estar em tons de branco. Ao fundo um painel de TV e o revestimento drix.

Automação das residências ganha força para acrescentar segurança, praticidade e maior conforto para os espaços. Drix por Art Arquitetura | Foto: Ronald Pimentel

3 – Contato com a natureza

Quem já ama plantas, vai adorar essa: os verdes naturais virão com ainda mais força em 2022. Além de muita beleza, as plantas incorporam alegria, elegância e frescor aos ambientes. Mas essa tendência traz algo além de acrescentar plantas aos espaços. A ideia é apostar nos elementos naturais, como madeira, revestimentos de palha, revestimentos cimentícios que reproduzem características dos materiais naturais como o Deméter e o Andina, além de valorizar a iluminação natural. Tudo isso, traz ainda mais conforto para o espaço.

Sala de estar com o fundo de revestimento brick rústico, com vaso de cimento queimado e plantas, cestos de palha compondo a decoração rústica ao lado de um sofá de linho cinza, e uma mesa ao centro com velas e livros.

Plantas, elementos naturais como a palha e o linho, além de revestimentos cimentícios como o Brick, que reproduzem as características originais dos tijolos aparentes, trazem aconchego para as composições

4 – Versatilidade e funcionalidade dos móveis

A multifuncionalidade dos espaços e móveis é algo que será visto por um bom tempo. Além de cumprir com a função que lhe é normal, a tendência indica que os móveis podem abusar da versatilidade e criatividade para novas funções, como o home office no armário ou junto à sala, cadeiras ou mesas retráteis e assim por diante. 

Na foto, um guarda-roupas e nas portas do meio abertas vê-se uma mesa de trabalho com computador e uma cadeira à frente. No fundo do armário, o revestimento Lúmina Cross.

O escritório em casa se tornou obrigatório durante a pandemia, mas é um espaço que veio para ficar. Graças a versatilidade dos móveis, ele pode ocupar diferentes espaços como o cloffice (home office no armário). Lúmina Cross por IN Arquitetura + Engenharia.

5 – Minimalismo no design de interiores

As linhas retas, simples e com poucos objetos ou cores, livre do excesso de informações, é uma forte tendência. Apostando em cores naturais e texturas, que podem seguir a mesma paleta, os ambientes minimalistas tem o poder de acalmar os sentidos, trazer tranquilidade e aconchego. 

Sala de jantar composta por dois ambientes, ambos contam com o revestimento cimentício Brick branco. Os ambientes são separados por um arco, e seguem a mesma cartela de cor cinza com o marrom da madeira. O ambiente com mais destaque na foto é composto por uma mesa de jantar em madeira, com 6 cadeiras em madeira e os acentos e encostos na cor cinza. Sobre a mesa está uma vaso de vidro com folhagens secas e dois lustres baixos. Já o outro ambiente conta com um armário de chão e prateleira de madeira, sobre a prateleira estão artefatos de cozinha na cor cinza.

Paleta de cores neutras e elementos naturais formam um ambiente minimalista, que promove aconchego, é uma grande tendência.

6 – Dourado está de volta 

Na verdade, ele nunca esteve fora!  A cor que transmite elegância, mais uma vez, ocupa espaço importante entre as tendências de decoração para este ano. O tom pode aparecer nos metais ou em detalhes de almofadas, quadros e luminárias, mas lembre-se: é sempre bom evitar o exagero para não pesar na decoração.

Banheiro, com pia em mármore branco mesclada, luminária vertical em vidro com "chuva de prata", e torneira dourada. Sobre a pia estão uma caixa preta com lenços, uma saboneteira e um difusor de ambiente, ambos redondos, de vidro com líquidos dourados. A parede é preenchida com espelho e em seu reflexo mostra a parede do outro lado com o revestimento cimentício Samba em branco e dourado.

Menos é mais: detalhes na cor dourada prometem trazer conforto e sofisticação, como demonstra o ambiente da arquiteta Déborah Humenhuk que coloriu algumas peças do Samba no tom dourado. Foto: Pablo Teixeira

7 – Conceito aberto / ambientes integrados

Essa é uma tendência que, realmente, não sairá de moda tão cedo. Priorizando a ventilação, iluminação e melhor aproveitamento dos espaços, os ambientes integrados e o famoso “conceito aberto” seguem como uma aposta infalível para levar aconchego e funcionalidade para os espaços. 

Sala de estar em tons claros. Ao fundo a sala conta com uma parede com revestimento cimentício Piramides, o painel da televisão e lareira fica ao centro, ao lado de uma parede com nicho e objetos de decoração. Para o centro da sala, está o sofá branco e um aparador com bebidas, um bonsai com vaso preto e dois potes de louça em tons azul e branco, para compor a decoração, em cada lado do aparador estão 2 vasos de azuis de planta.

Conceito traz amplitude e integração dos espaços. Pirâmides por Ponto e Vírgula Design e Arquitetura | Foto: Guilherme Jordani

8 – Naturalidade das cores

Cores naturais ganham ainda mais espaço, principalmente após a temporada em que ficamos dentro de casa. A paleta de azuis, verdes, tons quentes e fios de bege continuam populares. A principal diferença é que os tons assumem um aspecto mais natural, assumindo aspecto vibrante, porém relaxante e aconchegante.

Varanda goumet, com uma mesa de madeira com 8 cadeiras de encosto e assentos cinzas. Ao fundo estão uma bancada e 3 banquetas, uma churrasqueira industrial preta e uma pia simples. Na parede foi usado o revestimento ladrilho mint (cor verde).

Os tons dominantes das tendências trazem aconchego e conforto, como o adotado no Ladrilho Mint. Projeto por Bianchi e Lima | Foto: Julia Ribeiro.

9 – Suavidade das formas

As formas orgânicas e com design diferenciado estão em alta entre as soluções de decoração e arquitetura. Aposte em móveis sem cantos e acabamento arredondado nas peças. Além de ter uma estética bonita, traz elegância aos espaços. 

Área externa da casa, com piscina e espreguiçadeiras. Para separar os ambientes da área externa foram usados os revestimentos cimentícios Void.

Mobiliários, itens da decoração e revestimentos cimentícios com acabamento arredondado surgem como uma tendência. Um exemplo é o cobogó Void, que ainda incorpora um ar retrô – outra tendência para 2022

10 – A cozinha como ambiente social

Dizem que a cozinha é o coração da casa e essa frase, atualmente, faz mais sentido do que nunca. O espaço tende a se tornar o ponto ideal para reunir amigos, mas sem abrir mão da funcionalidade para o dia a dia de quem vive ali.

Área gourmet, no estilo industrial, com mobiliário escuro, banquetas em tons de marrom claro e couro, no fundo com o obejtivo de separar os ambientes foi utilizado o Cobogó cimentício Angolo cinza.

A área gourmet reúne os equipamentos essenciais para uma cozinha, além de ser pensada para assumir o papel de área social. Cobogó Angolo por Stach Bordignon Arquitetura | Foto: Dennys Manske

11 – Banheiro e quarto integrados

Se a integração abrange outros espaços, por que não unir o banheiro ao quarto? Essa tendência traz um ar sofisticado e de spa para os projetos. Ao invés da parede de concreto, pode-se utilizar divisórias de vidro, por exemplo, que incorporam requinte. 

Imagem feita da sala mostrando a integração da sala com o quarto, e banheiro. No fundo da imagem o revestimento cimentício Agave foi utilizado como cabeceira da cama, do lado esquedo da cama tem uma mesa de cabeceira e um armário suspenso, os mesmos utilizam a mesma parede do banheiro. O quarto e o banheiro são separados pelo box do chuveiro

Banheiro integrado ao quarto deixa o ambiente requintado, além de otimizar os espaços. Agave por BS Office & Cláudia Campos | Foto:Thiago Travess

12- Iluminação natural

Valorizar a luz natural traz um charme sem igual aos espaços e isso vem ganhando cada vez mais espaço. Esse é um recurso bastante interessante, principalmente durante o dia, que pode ser explorado através do uso de cobogós e do concreto translúcido, por exemplo. Além de tudo, é uma forma de incorporar o conceito de sustentabilidade ao projeto e gerar economia de energia. Para os períodos da noite, as tendências demonstram uma iluminação mais aconchegante e próxima ao natural.

Em primeiro plano aparece uma pia de cozinha com balcão com uma samambaia em cima do balcão. no lado direito, meia parede com o cobogó Lúmina Cross e ao fundo uma escada preta com uma janela atrás.

Aproveitar a iluminação natural a favor do projeto é uma aposta certeira para 2022, algumas maneiras de fazer isso é investir em janelões de vidro, cobogós ou o concreto translúcido, como os da linha Lúmina. Lúmina Cross por Bruna Paholski.

 

Veja também

Fachada com revestimento cimentício Novo Urbano

Texturas sofisticadas: 7 revestimentos para impressionar nas composições

Cimentícios apresentam desenhos e texturas refinadas que incorporam elegância aos ambientes.

Cobogós: iluminação e privacidade na medida certa

Elementos vazados permitem a entrada de luz natural e ventilação de forma sofisticada e autêntica. Solução ideal também para dividir ambientes sem bloquear totalmente a visibilidade, confira

Tendência Cloffice: que tal um office no seu closet?

Ideia utiliza da criatividade para otimizar os espaços e manter a privacidade no escritório montado dentro do armário.