Posso cortar o revestimento cimentício?

Muitas vezes, é necessário realizar cortes nos revestimentos cimentícios para adequar as peças ao projeto. Confira alguns detalhes importantes para o corte.


Os revestimentos cimentícios podem sim ser cortados. Apesar de parecer difícil, realizar cortes nas peças é algo prático de ser feito. Mas é preciso atenção ao desenho e à paginação da proposta. É a partir dessa especificação que as placas serão ajustadas, revelando toda a beleza e sofisticação do revestimento cimentício e sem gerar desperdícios.

Neste conteúdo você vai aprender como realizar o corte das peças e quais cuidados deve ter para garantir o melhor acabamento em seu projeto.

Atenção: por uma questão de estrutura do produto, essas dicas não se aplicam a cobogós, peças de Jardim Vertical e Concreto Translúcido.

Como cortar o revestimento cimentício? Acompanhe as dicas:

Você deve cortar o revestimento de acordo com a paginação proposta, assim terá o melhor aproveitamento das peças seguindo o desenho e usabilidade no projeto. Portanto, o primeiro passo é simular a paginação para saber exatamente quais peças receberão corte.

O processo de corte é feito por uma pessoa ou empresa especializada na instalação de revestimento cimentício, pois ela possui maquinário e expertise para realizar a instalação e cortes necessários. Também é possível cortar com maquinário que utiliza água, evitando a incidência de pó.

Para obter um bom acabamento no corte do revestimento cimentício, a utilização do disco diamantado específico para concreto garante os melhores resultados, principalmente quando o disco for novo.

Dica importante: não forçar a serra, deixar que o disco trabalhe de maneira leve, evitando que a peça crie rebarbas na linha do corte.

Após o corte, lavar a peça com água corrente limpa e aguardar a secagem por pelo menos 1 hora em local ventilado.

Aproveite para conhecer mais sobre revestimentos cimentícios, como e onde aplicar neste post.

Confira abaixo ambientes onde o corte das peças foi realizado de maneira eficaz, contribuindo para um acabamento impecável:

Haru – Por: Trenna Arquitetura | Foto: Justino Neto

Infinite – Por: Vanessa Larré | Foto: Rodrigo Fontanini

Revestimento Haru na Fachada

Haru – Por: Denise Fumagalli | Foto: Marcelo Stachin

Veja também

Guia definitivo: como especificar revestimentos cimentícios

Um guia completo para ajudar especificadores na hora da escolher revestimentos cimentícios

Conheça os revestimentos cimentícios com novo acabamento texturizado

Nova formulação garante superfície com textura mais natural a seis modelos de revestimentos para paredes e cobogós

Blocos BIM: mais eficiência e integração para os projetos arquitetônicos

Palazzo disponibiliza diferentes modelos de revestimentos cimentícios no formato BIM, modernizando e facilitando a especificação dos produtos.